sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Wikileaks e Julian Assange: o temor dos EUA


Vários simpatizantes se uniram para pagar a fiança de Julian Assange. A prisão do fundador do Wikileaks, todos sabem, foi uma represália pelas divulgações feitas em seu site e que afetam, principalmente, os EUA. Já não bastasse a prisão e acusação, no mínimo, exagerada, cobraram um valor absurdo pela fiança, como se ele fosse feitor de um crime hediondo, que aliás, aí, sim, não teria fiança. Ah, além disso, suas contas foram bloqueadas, o que o impossibilitaria de pagá-la. Estranho, não?!

Agora a última, simpatizantes de Julian, ao protestar em frente à Casa Branca, foram levados à prisão. Tudo tão desproporcional! E os norte-americanos se gabam de serem democráticos, de que lá existe liberdade de expressão. Sim, desde que não incomode o governo!

3 comentários:

Talita Oliveira disse...

Voltar a frequentar a blogsfera é muito bom.
Estava com saudades daqui.

Beijos, flor!

F O W L disse...

Ola Mocinha!

Sinto lhe informar que, voce foi desafiada no meu blog!

Segue o Link:
http://nostalgico-allstar-vermelho.blogspot.com/2010/12/desafio-dos-7.html

Espero que aceite o desafio, mas fique a vontade a recusa-lo! :)

Cris Mitsue disse...

Nossa, ah sim, desde que não incomode o governo, está ótimo! (Ironia Detectada :D) Os norte-americanos querem fazer uma imagem de "bons", mas francamente, não precisava chegar um Wikileaks pra provar, tá na cara como eles são.

Puta falta de sacanagem.

Grande beijo e Boas festas, Pati!