sexta-feira, 7 de maio de 2010

Boas Notícias: Poema de uma querida escritora, Ana Bailune, do Recanto das Letras


Boas Notícias

Mandem-me boas notícias:
Digam que a guerra acabou,
Que quem chorava, se alegrou,
Que a semente do ódio secou.

Mandem-me fotos bonitas
De paisagens comoventes,
De sorrisos reluzentes,
E gente cheia de vida.

Digam que a morte saiu,
E que não voltará mais
Que pelo menos, por um ano,
Não haverá funerais.

Mandem-me linda canção
Que me alegre o coração,
Uma mensagem de vida
Que expurgue a dor contida.

Digam-me que, por um tempo
Sobre a terra, haverá
Apenas bons pensamentos
Que tragam contentamento.

Mandem-me boas notícias,
Eu aguardo, e acredito
Que elas hão de chegar.
Eu estarei à janela
Fitando o horizonte infinito
Confiante, a esperar.
Ana Bailune

3 comentários:

Lou Albergaria disse...

Belíssimo poema!!!! Muito terno, suave; extrema delicadeza...

Adorei!

Parabéns a Ana Bailune!!!

BJS!!!

Cris Mitsue disse...

Muito legal a poesia mesmo.. Dá pra refletir bastante em cima dele. :D

Bjocas

Jefferson Dieckmann disse...

Bela poesia! Parabéns à poetisa e a você, minha amiga! O teu blog sempre trazendo cultura e beleza até nós. Abraços!