sábado, 10 de abril de 2010

Não trema em voo tranquilo e sem acento


O texto abaixo é uma bela e humorada ilustração feita por Wilson Pereira do Recanto das Letras com a interação de Maristela Silva, de algumas regras do novo acordo ortográfico. Boa leitura!

NÃO TREMA EM VOO TRANQUILO E SEM ACENTO

- Boa tarde, meu senhor, nossa empresa agradece a sua preferência... sem crase.
- Eu queria comprar uma passagem para o próximo voo.
- Pois não... já que próximo é proparoxítono, então tem acento, mas informo ao senhor que voo não tem mais acento... nem os dois tem, têm.
- Então, quando sai o próximo voo com acento?
- Acho que nunca mais, todos os voos agora estão saindo com assento e sem acento meu senhor, só se fizer outra reforma para botar o acento de volta.
- Como assim?... até quando os voos estarão lotados?
- Eles não estão lotados, todos ainda têm assento... esse têm com acento.
- Não entendi.
- Como são muitos voos então é plural, daí têm tem acento, mas não tem acento nem no voo, nem no tem singular, entendeu?
- Não entendi nada... afinal, a gente tem que viajar em pé ou as pessoas têm que esperar reformar os aviões?
- Bem nesse caso o primeiro tem não tem acento e o segundo têm, tem.
- Agora sim, me embananei todo
- Nossos aviões têm assentos novinhos, não tem que reformar nada... e neste caso o primeiro têm com acento e o segundo tem sem acento.
- Olha, minha filha, em consequência desse seu papo estou ficando nervoso, você quer que eu trema de raiva?
- Por favor, meu senhor... trema nunca mais...o senhor parece que não tem paciência...esse tem, sem acento.

DELICIOSA INTERAÇÃO DA MARISTELA SILVA:

- Pois bem mocinha, percebo que sua ideia é me irritar sem acento, mas não vou deixar não...
Decidi que já que enjoo mesmo em voos curtos, tendo ou não acento em ambos, vou é viajar de ônibus... este sim com os devidos assentos e acento .
Tem mais alguma gracinha a fazer? Ah! este tem...também sem acento.

3 comentários:

Jefferson Dieckmann disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jefferson Dieckmann disse...

Muito legal, Patrícia! Gostei! Mas, confesso que eu, particularmente, não vejo uma real necessidade desta alteração na língua portuguesa. A parte da nossa população, que já não conhecia o seu idioma direito, agora mesmo e´que não conhecerá. A não ser, que eu esteja muito enganado. Abraços!

Cris Mitsue disse...

Hahahhahahah
Baaah, muito legaaal :D
Me diverti lendo..

Beijão